A importância de ter múltiplas habilidades

 

A discussão do gerente de projetos generalista x especialista é velha. Alguns opinam que um profissional especializado irá gerenciar melhor um projeto de sua área. Outros acreditam que alguém com experiências mais variadas irá fazer este trabalho melhor, mesmo que não tenha o conhecimento específico.

O que eu acho?

Ter o conhecimento específico é bom e desejável. No entanto, ter múltiplas habilidades em diferentes aspectos gerenciais e profissionais é uma das mais importantes qualidades de um ótimo gerente de projetos.

Aqueles profissionais que enxergam a necessidade de expandir suas habilidades, com novas técnicas e competências, e visão multidisciplinar e multicultural, serão muito mais eficazes para a lidar com as complexidades de fazer um projeto acontecer.

E o conhecimento específico? Ué, não é para isto que existe uma equipe de projeto?

Ter múltiplas habilidades, além de ser bom para a organização, é ótimo para o profissional. Ele não só terá um desempenho melhor, mas também poderá gerenciar projetos de diferentes naturezas, multiplicando sua capacidade de lidar com as mais variadas situações. E isso é fundamental para um bom profissional de projetos.

Profissionais excessivamente especializados dificilmente terão habilidades de lidar com recursos humanos, de fazer análise de riscos, de negociar adequadamente, de controlar as finanças do projeto e em especial de “pensar fora da caixa”. Para quem só sabe usar um martelo, todo problema é um prego. É aí que entra o grande diferencial de um gerente de projetos generalista, que possui habilidades em várias áreas.

Gerentes de projetos especialistas passam pela forte tentação de assumir tarefas que seriam responsabilidade da equipe. Se ocupam menos em gerenciar o projeto, e mais em colocar a mão na massa no produto. Não há nada de errado em um gerente de projetos que gosta de se envolver profundamente… mas isso não pode significar deixar de lado o projeto pelo produto.

As organizações normalmente são responsáveis por criar estas situações. Precisam de alguém para cuidar de um projeto, e escolhem um bom especialista para fazer isso. O ótimo profissional especialista é jogado no fogo, em uma situação que provavelmente não domina. Ser um ótimo geólogo não quer dizer que também será um ótimo gerente de projetos de mineração. As habilidades necessárias são completamente diferentes.

E se você foi jogado em uma situação destas? Primeiro, comece a enxergar suas responsabilidades de forma diferente, e passe a contar com sua equipe. Busque um treinamento em outras disciplinas, não só as diretamente relacionadas a projetos, mas também outras que abram sua mente para diferentes habilidades profissionais. Sua mudança de mindset será fundamental para o sucesso neste novo papel, e você passará a agregar muito mais valor para a organização e para sua equipe.

“Vender” a ideia de um treinamento multidisciplinar para gerentes de projetos pode ser difícil em algumas organizações, que só estão pensando nos resultados pontuais e redução de custos, sem pensar no valor que um profissional com múltiplas habilidades pode aportar no médio e longo prazos. No entanto, cabe ao gerente de projetos buscar os meios, seja dentro da empresa ou fora (um bom livro já pode fazer uma grande diferença) para não ficar preso na armadilha do especialista que não consegue gerenciar.

 

Fonte: Stakeholder News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: