A Importância da implantação do Project Management Office no setor público

clip

 

Implantar um escritório para gerenciar projetos no setor público não é obrigatório por lei. No entanto, muitos órgãos governamentais já se adaptam à necessidade, com o objetivo de deixar mais eficiente o controle, planejamento e execução de projetos públicos.

O Governo do Estado do Espírito Santo, por exemplo, utiliza o PMO (Project Management Office) desde 2007. O departamento especial foi um dos responsáveis, junto com o Secretário da Casa Civil, Tyago Hoffmann, por coordenar um programa de reeconstrução de 70% de todo o território danificado por fortes chuvas no ES, fato este ocorrido em dezembro de 2013.

Segundo a subsecretária do governo do Espírito Santo, Joseane Zoghbi, a participação do PMO foi fundamental para a estruturação do programa de reconstrução, bem como para e definição da governança.

“O PMO-ES entrou em ação a partir do dia 02 de janeiro quando o Governador anunciou o Plano de Reconstrução do Espírito Santo. Vale ressaltar que o apoio da alta gestão foi crucial para o sucesso do gerenciamento de projetos, em especial no setor público”, relembra Zoghbi.

O PMO-ES foi uma adaptação do método Project Model Canvas, só que mais focado em projetados voltados para o setor produtivo, pessoas e indivíduos, infraestrutura e prevenção.

Ainda de acordo com Joseane, as necessidades dos municípios foram definidas após o diagnóstico realizado por 6 empresas contratadas pelo governo estadual. “Elas foram contratadas pelo Governo do Estado para atuar nas microrregiões devido à carência dos municípios com profissionais para elaboração de projetos e captação de recursos federais”, explicou Joseane.

O projeto de recuperação visa a recuperação de estradas urbanas e rurais, pontes, créditos emergenciais, casas populares, além da realização de drenagem e pavimentação de ruas, estabilização de encostas, disponibilização de máquinas e obras de saneamento básico, bem como a capacitação dos municípios e a distribuição de “cartão reconstrução”. Atualmente, cerca de 85% das obras planejadas já estão concluídas.

“Agora o trabalho é de prevenção contínua. Vamos construir um Estado mais resiliente”. esclarece Joseane.

A subsecretária do Governo do Espírito Santo participou do 9º Congresso Brasileiro de Gerenciamento de Projetos, onde apresentou o Programa de Gestão para Resultado do Governo, os gargalos e detalhes do Programa de Reconstrução. O evento aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de novembro, no Centro de Convenções do Hotel Sheraton, em São Paulo.

 

Fonte: Administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: