Profissão do futuro, gerenciamento de projetos ganha espaço no mercado.

blog
Por: Vieira Junior

Um profissional dinâmico, comunicativo, com alto poder de negociação e que sabe trabalhar com metas e objetivos claros para o desenvolvimento de ações que trazem benefícios de curto, médio e longo prazo para as empresas. Essas são as principais características que fazem do Gestor de Projetos um dos principais desejos das companhias atualmente. Considerada uma das sete “profissões do futuro” por especialistas, ela oferece salários que podem variar de R$12 a R$20 mil.

A carreira é vista como uma solução para muitos fracassos de empreendimentos que acontecem no mundo corporativo, tendo em vista que a maior parte dos projetos implantados não trazem os resultados esperados pelas corporações, com altos investimentos de tempo, mão de obra e recursos.

“O gerenciamento de projetos nada mais é que a aplicação de técnicas, ferramentas, conhecimentos e melhores práticas para que se alcance sucesso no desenvolvimento de um projeto. Serve para evitar o fracasso através do planejamento”, explica o coordenador do curso de MBA e PÓS-MBA em gerenciamento de projetos da IBE-FGV, André Valle.

De acordo com o gestor de projetos e especialista no assunto, Thiago Ayres, a profissão possui o objetivo principal de atender necessidades de um mercado em constante transformação. “Com a velocidade e a competitividade que as organizações têm vivido, existe uma grande demanda por inovação. Esse é um trabalho diferenciado, de projetos e planejamento. Ele tem um objetivo específico e único: implantar mudanças”, destaca.

Segundo Valle, é possível constatar os efeitos da falta de gerenciamento de projetos ao observar as obras do país que demandam tempo e dinheiro além do previsto. Para o setor privado, a falta de planejamento gera insatisfação por parte da diretoria e do cliente, além da perda de credibilidade. “São várias as possibilidades de implementação da Gestão de Projetos, como durante o desenvolvimento de um produto ou nova técnica de produção. O papel do profissional será justamente o de evitar surpresas, e cumprir prazos e orçamentos. É uma atividade que otimiza a utilização de recursos, documentando e facilitando as estimativas para futuras iniciativas”, diz.

Profissão e mercado

Para André Valle, qualidades como comunicação, liderança e a alta capacidade de negociação são imprescindíveis ao gerente de projetos. “Esse profissional passa cerca de 90% do tempo em relacionamento e negociação”, aponta.

Segundo Ayres, profissionais de qualquer área podem se especializar como um gestor, basta que ele seja diretamente responsável por implantar mudanças na empresa. No mercado de trabalho, a busca tem sido constante por pessoas que possuam essas características. Valle ressalta que, nos próximos quatro anos, a demanda deve crescer e atingir a marca de 30 mil postos de trabalho no Brasil. “As consequências são o aumento, em média, de 30% no salário, 40% mais procura e 50% de vagas não preenchidas. É necessário que haja uma grande capacitação de mão de obra para que esses postos sejam ocupados por profissionais qualificados e capazes de desenvolver e conquistar resultados”, afirma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: